terça-feira, 28 de outubro de 2008

Filezin dominando a cidade

Há duas maneiras para se medir o sucesso de uma fonte: pelas vendas ou pelas críticas - que não necessariamente andam de mãos dadas. Como as fontes do TAU são gratuitas, estão restritas à segunda opção. Na época em que foram lançadas, tive o prazer de receber comentários e críticas de muitas feras da tipografia brasileira. O fato da maioria ter gostado já havia feito todo o trabalho valer a pena.

O elogio definitivo, porém, seria ver alguma das fontes sendo usada em um trabalho de qualidade. Finalmente ele veio, através do projeto de identidade visual que a Visorama realizou para o Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema 2008, onde a Filezin desfila todo seu charme. O mais legal é que entre seus autores está a dupla Helesbão&Haroldinho, que há alguns anos abriu meus olhos para a tipografia, em uma palestra show de bola na EBA.

Atualmente ando esbarrando com a Filezin por aí, nas mais diversas mídias. Abaixo, uma banca de jornal em Niterói e o teaser do Festival. Missão cumprida!

FOTO: CAMILA AUGUSTA



3 comentários:

Pedro Moura disse...

Eu vi o teaser no cinema, no trailer de um filme! bom demais!

Aaron disse...

Olá Vini,
Sou estudande de design gráfico do CEFET-PE e estou desenvolvendo junto com amigos um projeto sobre tipografia popular. Estamos bastante interessados em seu trabalho, achamos que qualquer coisa que você possa nos ajudar seria de muita importância. Teria algum email para contato?
Grato
aaron.sba@gmail.com

Henrique disse...

Parabéns pela iniciativa. Depois que entrei na universidade, fiquei meio viciado em tipografia, e acabei parando por aqui há uns meses. Baixei na hora suas fontes. Parabéns, mais uma vez!